sábado, 17 de dezembro de 2011

Cirurgia que cura o diabetes

obesidade20infantil-2Diversas vezes li e ouvi sobre essa cirurgia, que na verdade não tem como principal objetivo a cura do diabetes. A cirurgia é a redução do estômago, praticada em pacientes com "obesidade mórbida”. Nesse caso a cirurgia é indicada pois apesar de apresentar riscos, o obeso mórbido certamente irá enfrentar riscos ainda maiores se não perder peso – e rápido.

Os relatos são de que quando o paciente sai da mesa da cirurgia também está livre do diabetes tipo 2, que é o diabetes em que o corpo produz insulina, mas devido ao consumo excessivo de comida, essa quantidade é muito acima do normal e o organismo acaba desenvolvendo uma tolerância à insulina, sendo necessário que tome remédios, porque por mais que o corpo a produza, nunca é em quantidade suficiente para reagir armazenando a glicose.

A cura acontece porque com a cirurgia a glicose passa a ser processada de forma diferente no organismo, seguindo um novo “caminho”, e dessa forma parte dela não é processada pelo corpo, não sendo necessária a produção extra ou a ingestão de insulina por medicamentos.

Infelizmente a cirurgia não cura os insulino-dependentes, que são os portadores de diabetes na qual o organismo não produz insulina ou a produz em quantidades muito abaixo dos níveis necessários, e portanto têm que tomar a cota de insulina em injeções diárias.

Embora os sintomas sejam praticamente os mesmos nos dois tipos de diabetes – quando os níveis de glicose no sangue estão acima do normal – suas causas e tratamento são completamente diferentes, podendo-se até dizer que são duas doenças diferentes. Uma é provocada pela crescente dessensibilização (ou tolerância) à insulina, que é produzida em quantidades muito altas para suprir as necessidades do organismo; no segundo caso (insulino-dependentes) o organismo não consegue processar a glicose simplesmente porque as células beta (que produzem insulina) foram total ou parcialmente destruídas.

Trata-se de uma doença auto-imune, que é quando o organismo “confunde” células do corpo com invasores (vírus ou bactérias) e as destrói.

Zailda Coirano

Website ǀ SOS Idiomas ǀ Facebook ǀ Twitter ǀ Web rádio (em breve)

Um comentário:

Obrigada por comentar e volte sempre!

Se gostou do blog, recomende!

Comentários considerados ofensivos não serão publicados.




Diabetes mellitus é uma doença metabólica caracterizada por um aumento anormal do açúcar ou glicose no sangue. A glicose é a principal fonte de energia do organismo porém, quando em excesso, pode trazer várias complicações à saúde como por exemplo o excesso de sono no estágio inicial, problemas de cansaço e problemas físicos-táticos em efetuar as tarefas desejadas. Quando não tratada adequadamente, podem ocorrem complicações como Ataque cardíaco, derrame cerebral, insuficiência renal, problemas na visão, amputação do pé e lesões de difícil cicatrização, dentre outras complicações. 



Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Diabetes_mellitus